Mobirise
Mobirise


Explorar as oportunidades da medicina imunitária de precisão no controlo das tripanossomoses caninas – DogIPM PTDC/CVT-CVT/0228/2020

RESUMO

  • Contextualização: O projeto DogIPM tem como principal objetivo estimular células dendríticas (DC), que são células apresentadoras de antigénios essenciais à ativação de linfócitos T, que por sua vez orquestram a resposta imunitária do hospedeiro, guiando o sistema imunitário no combate aos tripanossomatídios, prevenindo a infeção (vacinas profiláticas) ou induzindo a resposta imunitária mais adequada à cura (vacinas terapêuticas).
  • Objetivos: O DogIPM pretende estimular células imunitárias efetoras a direcionar o sistema imunitário no combate aos tripanossomatídeos, prevenindo a infeção (vacinas profiláticas) ou induzindo a resposta imunitária mais adequada à cura (vacinas terapêuticas).
  • Inovação: Prevendo o potencial uso de DC autólogas estimuladas como ferramenta profilática e terapêutica contra as doenças de Chagas e Leishmaniose, DogIPM representa um primeiro passo na medicina imunitária de precisão aplicada a doenças caninas causadas por tripanossomatídios. Esta abordagem imunitária representa uma nova e promissora estratégia aplicável ao controle das tripanossomoses.
  • Expectativas: Espera-se que o DogIPM contribua para o controlo a infeção por Leishmania e Trypanosoma, reduzindo a quantidade, a frequência da administração e a toxicidade dos medicamentos habitualmente utilizados, diminuindo a duração da terapêutica, melhorando a adesão ao tratamento de modo a conseguir e alcançar a cura clínica e parasitária. Espera-se também que o DogIPM participe na formação de estudantes e através da disseminação científica e tecnológica, incremente a consciência global da importância estratégica da ciência no dia-a-dia dos cidadãos.

PARCEIROS

GHTM–Global Health and Tropical Medicine, Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT), Universidade Nova de Lisboa (UNL), Lisboa, Portugal

Faculdade de Medicina Veterinária (FMV), CIISA Centro de Investigação Interdisciplinar em Sanidade Animal, Universidade de Lisboa, Lisboa, Portugal,

Centro de Ciências da Saúde/Universidade Federal do Rio Grande do Norte
(UFRN, Natal, Brasil)



INDICADORES DE REALIZAÇÃO DO PROJETO
• 1º seminário Outubro 2022

PUBLICAÇÕES

Tatiana Dias-Guerreiro, Joana Palma-Marques, Patrícia Mourata-Gonçalves, Graça Alexandre-Pires, Ana Valério-Bolas, Áurea Gabriel, Telmo Nunes, Wilson Antunes, Isabel Pereira da Fonseca, Marcelo Sousa-Silva, Gabriela Santos-Gomes (2021). African Trypanosomiasis: Extracellular vesicles shed by Trypanosoma brucei brucei manipulate host mononuclear cells. Biomedicines, 9(8): 1056.

GRAUS ACADÉMICOS

- Mafalda Carvalho Planas Meunier (2021/2022) - Leishmaniose canina: Explorar a modulação da atividade de linfócitos T por células dendríticas autólogas. Tese de Mestrado, Mestrado em Ciências Biomédicas - Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT), Universidade Nova de Lisboa (UNL), Lisboa, Portugal. Orientação: Doutora Gabriela Santos-Gomes & Armanda Rodrigues - Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Unidade de Ensino e Investigação de Parasitologia Médica. (ongoing).

- Ana Sofia Valério Bolas (2016-2022) - Bridging the gap between innate and adaptive immunity in dog leishmaniosis. FCT doctoral fellowship SFRH/BD/118067/2016 e bolsa mitigação COVID. Doutoramento em Ciências Biomédicas, especialidade em Parasitologia. Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT), Universidade Nova de Lisboa (UNL), Lisboa, Portugal. Orientação: Doutora Gabriela Santos-Gomes - Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Unidade de Ensino e Investigação de Parasitologia Médica e Isabel Pereira da Fonseca (Co-orientadora) - Faculdade de Medicina Veterinária, CIISA–Centro de Investigação Interdisciplinar em Sanidade Animal, Universidade de Lisboa (ongoing).

- Joana Palma Machado Marques (2021-2025) - Dogs in travel - Take advantage of dendritic cells to shape protective immune response against Chagas disease. PhD Program in Biomedical Sciences at the Institute of Hygiene and Tropical Medicine (specialization in cellular and molecular biology and parasitology) - Universidade Nova (Lisbon, Portugal). Orientação: Doutora Gabriela Santos-Gomes (orientadora) - Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Unidade de Ensino e Investigação de Parasitologia Médica. Doutora Graça Maria Alexandre-Pires (Co-orientadora) - Faculdade de Medicina Veterinária - Centro de Investigação Interdisciplinar em Sanidade Animal, Departamento de Morfologia e Função e Departamento de Sanidade Animal Unidade de Lisboa, Programas de especialização avançada. (ongoing). 

APRESENTAÇÕES

A. Valério-Bolas, S. Mesquita-Gabriel, M. Meunier, J. Marques, L. Lobo, A. Rodrigues, A. Armada, R. Ferreira, I. Cardoso, G. Alexandre-Pires, I. Pereira da Fonseca, G. Santos-Gomes. Leishmaniose canina: Iniciação da resposta imunitária por células dendríticas derivadas de monócitos caninos. XI Jornadas Científicas HMT-NOVA, 10 de dezembro de 2020. Abstract book page 4.


A. Valério-Bolas, S. Mesquita-Gabriel, M. Meunier, J. Marques, L. Lobo, A. Rodrigues, A. Armada, R. Ferreira, I. Cardoso, G. Alexandre-Pires, I. Pereira da Fonseca, G. Santos-Gomes. Modulation of dendritic cells derived from canine monocytes by parasites of the genus Leishmania. Encontro Ciência 2021. 28 a 30 junho. Centro de Congressos de Lisboa, Junqueira - Portugal

ESTÁGIOS

Prof. Doutora Mariana Machado Hecht, Faculdade de Medicina, Universidade de Brasilia.

Raissa Couto Santana, Programa de Pós Graduação em Ciências Veterinárias (PPGCV) Departamento de Microbiologia e Imunologia Veterinária (DMIV) Instituto de Veterinária (IV), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro -UFRRJ. Bolsa de estudos de doutorado sanduíche da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) intitulada de “Análise do Efeito do Sesquiterpeno na Imunobiologia da Leishmaniose Canina”. Setembro 2021 - Março 2022.

NOTÍCIAS

Doenças parasitárias - abordagem aos cuidados de saúde personalizados

Da parceria entre instituições portuguesas [Global Health and Tropical Medicine (GHMT), Instituto de Higiene e Medicina Tropical (HMT-NOVA) e Faculdade de Medicina Veterinária (FMV/ULisboa)] e brasileiras [Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)] resultou o projeto DogIPM financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, I.P. que tem como objetivo utilizar as células dendríticas (DCs) para modular a atividade de linfócitos T nas tripanossomoses.

Anualmente estima-se 700.000 - 1 milhão de novos casos de infeção com Leishmania em humanos e 20.000 novos casos por ano de infeção com Trypanosoma cruzi.

L. infantum é o agente etiológico da leishmaniose visceral zoonótica e da leishmaniose canina que ocorrem por toda a bacia do Mediterrâneo, no Médio Oriente e em algumas partes da Ásia e da América Latina. Leishmaniose canina parece estar a disseminar-se para outras latitudes devido a vários fatores associados às alterações climáticas e à globalização.

O parasita Trypanosoma cruzi causa a doença de Chagas em humanos, animais selvagens e domésticos, constituindo um importante problema de saúde pública na América Central e do Sul. Devido à globalização, esta doença tropical descurada tem vindo a dispersar-se para outras áreas geográficas, como é o caso da América do Norte, Japão, Oceânia e Europa tornando-se uma doença emergente de preocupação global. Até ao momento não existe vacina disponível para prevenir a ChD ou terapia dirigida a animais.

O projeto DogIPM representa um primeiro passo na medicina imunitária de precisão aplicada a doenças caninas causadas por tripanossomatídeos. Estas ferramentas permitirão controlar a infeção, reduzir a quantidade, a frequência da administração e a toxicidade da terapêutica não específica utilizada atualmente, melhorar a adesão ao tratamento e alcançar a cura clínica e parasitária.

Os investigadores do projeto DogIPM esperam assim trazer uma válida contribuição para controlar a infeção por Leishmania e Trypanosoma, com o desenvolvimento de estratégias inovadoras para prevenção da infeção ou induzindo a resposta imunitária mais adequada à cura. O que contribuirá para melhorar os cuidados de saúde disponíveis para animais e pessoas e terá impacto positivo na evolução da sociedade.


Mobirise
Financiamento

FCT – Projeto Explorar as oportunidades da medicina imunitária de precisão no controlo das tripanossomoses caninas – DogIPM PTDC/CVT-CVT/0228/2020

Contactos

IR 
Prof. Gabriela Santos-Gomes
SantosGomes@ihmt.unl.pt

co-IR 
Prof. Isabel Pereira da Fonseca
ifonseca@fmv.ulisboa.pt

This website was built with Mobirise